This website uses cookies

This website uses cookies to improve user experience. By using our website you consent to all cookies in accordance with our Cookie Policy.

Some cookies on this site are essential, and the site won't work as expected without them. These cookies are set when you submit a form, login or interact with the site by doing something that goes beyond clicking on simple links.

We also use some non-essential cookies to anonymously track visitors or enhance your experience of the site. If you're not happy with this, we won't set these cookies but some nice features of the site may be unavailable.

História

Uma tradição de 160 anos:

A Rheinhütte Pumpen já atingiu alguns marcos importantes. Eles são partes da história de sucesso e o motivo pelo qual somos hoje destaque internacional em bombas.

2019

Desenvolvimento do novo conceito de vedação mecânica RHETA®. A vedação sem metal é caracterizada por seus materiais inovadores, a padronização de peças individuais e a montagem rápida e sem complicações.

 

2019

A Rheinhütte Pumpen é adquirida pela ITT Inc. A ITT é uma das marcas mais reconhecidas e respeitadas na indústria mundial de bombas, atendendo a clientes nos mercados de óleo e gás, mineração, geração de energia e indústria geral.

 

2016

A FRIATEC-RHEINHÜTTE GmbH & Co. KG se separa da FRIATEC AG em 1º de setembro de 2016 e passa a se chamar RHEINHÜTTE Pumpen GmbH.

 

2001

A Glynwed Pipe Systems é adquirida pela belga Etex Group, que se divide 2 anos mais tarde. As unidades comerciais de Plásticos para Engenharia, Cerâmica Técnica e Engenharia Mecânica recebem um novo nome: Aliaxis

 

1998

Aquisição da FRIATEC AG pela inglesa Glynwed, membro da Glynwed Pipe Systems Group.

 

1993

Abertura do primeiro centro de serviços em Wiesbaden. A necessidade de um serviço rápido e confiável aliado a padrões de alta qualidade levam ao estabelecimento de outros centros de serviço.

 

1988

O grupo Friedrichsfeld, hoje FRIATEC AG, adquire a Rheinhütte e garante a existência do que até hoje tem sido um assunto de família. Com a transferência da linha de bombas de cerâmica Friedrichsfeld, a Rheinhütte adquire novo ímpeto tecnológico na unidade de Wiesbaden.

 

1978

Devido aos 50% de participação da VKP em Rennerod, a linha de produtos é ampliada para bombas plásticas.

 

1932

Desenvolvimento e fabricação das primeiras válvulas para indústria química Rheinhütte.
Enquanto isso, as bombas Rheinhütte são fabricadas em ferro silício, ferro cinzento, peças fundidas em gunmetal e aço, bronzes e chumbo duro.

 

1927

Um pedido de patente é enviado para a vedação hidrodinâmica. Esta invenção de 1927 tem sido contínua e tecnicamente desenvolvida e ainda é uma variação de vedação muito importante nos dias de hoje. 

 

1920

Nos anos seguintes, a Rheinhütte foca no desenvolvimento de produtos inovadores e projeta a primeira bomba de concreto, seguida pela bomba centrífuga de produtos químicos sem gaxeta, vedada hidrodinamicamente e as primeiras bombas químicas de silício fundido.

 

1909

Pela primeira vez, são fabricadas peças de silício resistentes a ácidos com alto teor de Si. Ainda hoje, esse material ainda é um dos materiais mais resistentes.

 

1900

Início do desenvolvimento de materiais metálicos resistentes a corrosão.

 

1869

A “Rheinhütte Gesellschaft” é adquirida por Professor Ludwig Beck. A força de trabalho da agora chamada “Rheinhütte Ludwig Beck and Co.” cresce rapidamente. O ponto focal de produção passa a ser a fabricação de peças fundidas, usinagem e engenharia geral mecânica.

 

1857

A sociedade "Anonyme Nassauische Rheinhütte Gesellschaft" é fundada como uma usina de alto forno. No início de 1860 é convertida para uma fundição de ferro.

 
Seletor de bombas

Seletor de bombas

Escolha a bomba ideal com alguns cliques

Nosso localizador de produtos simplifica a escolha da bomba ideal para você. Suas preferências individuais são identificadas por atributos específicos para comparar produtos adequados.

Design

Aplicações

Material

Profundidade (m)

Temperatura(°C), Material

Sólidos

Vedação